Balanço – Princípio do Design

Agora que já estudamos o princípio da Proximidade e do Alinhamento, chegou a hora de vermos o Princípio do Balanço.

Muitos iniciantes e leigos em design têm dificuldade em entender este princípio do design, porém posso te garantir que após ler este artigo ficará claro para você do que o Balanço trata e principalmente como usá-lo em seus designs.

Princípio do Balanço no Design

O Balanço está ligado diretamente a “distribuição do peso” na composição. E quando falo em peso não estou me referindo dele em gramas ou quilos, e sim do peso visual.

Balanço – Princípio do Design

Observe na figura a esquerda como ela parece estar pendendo as forças para o lado direito, pois os elementos que estão deste lado tem uma massa maior. Já a outra figura está bem mais balanceada, com a distribuição do peso de cada elemento.

Em diversas situações o designer pode se valer da assimetria para criar uma sensação específica de balanço, porém para principiantes é mais fácil que busquem balanço através de composições mais simétricas e equilibradas.

Princípio do Balanço no Design

Nesta figura podemos ver 3 círculos aleatoriamente alinhados no centro do espaço. Note como está pesando para a direita a composição.

uso do balanço no Design Gráfico

A simples organização dos mesmos elementos torna a composição balanceada. Perceba a simetria marcada pela linha tracejada no centro da figura. O lado esquerdo e direito são idênticos, apenas estando espelhados.

Conclusão sobre o Princípio do Balanço

Não é difícil entender a confusão que leigos e principiantes fazem em relação ao princípio do Balanço, pois ele é na minha opinião o princípio menos evidente na maioria dos designs.

Concordo que ele é tão simples que confunde, então para não errar um truque simples que dou para meus alunos do curso Design Para Não Designers é colocar o design sobre um muro imaginária, como na figura abaixo.

exemplo prático de uso do balanço no design

Assim fica fácil de ver qual design cairia do muro e qual ficaria equilibrado.

Claro que designers mais experientes se valem de assimetria e designs aparentemente não balanceados para causar determinadas sensações, porém iniciantes e leigos devem sempre obedecer o princípio do Balanço para alcançar resultados melhores.

No próximo artigo vou escrever sobre Repetição, outro fundamento chave do Design.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *